Koi to Senkyo to Chocolate passa-se numa escola com um regime político totalmente exagerado para uma secundária. Uma das candidatas tenciona fazer grandes mudança na gestão do orçamento, o que implica fechar uma série de clubes que podem ser considerados inúteis. Entre estes clubes está o de experimentação de comida, do qual fazem parte os nossos heróis. Não querendo ver o seu clube fechado, que não é mais do que uma oportunidade que eles têm para estar na conversa a comer doces, resolvem que um deles deve concorrer nas eleições.

SEM_TT~3

Cabe essa função ao rapaz central do harém, Oojima Yuuki, e o que começa por ser apenas uma guerra pelo clube acaba por ser uma eleição pelos direitos dos alunos, a luta contra a discriminação e o acabar com a corrupção do partido em poder. Isto parece bastante épico para uma escola secundária, claro, e tem o seu quê de ridículo.

SE21C8~1

Depois há as meninas em volta do Yuuki, cada uma com a sua história dramática. Nem todas têm direito ao mesmo tempo de antena, sendo que quem tem mais é a Chisato, a amiga de infância. A história dramática da Chisato: o irmão mais novo dela morreu. Ela tinha por hábito dar-lhe chocolates e depois passou a dá-los ao Yuuki, usando-o como substituto para o irmão. Agora adolescente continua a fazer a mesma coisa, apesar de já ser tempo de ver o Yuuki como ele é. Muito choro e dramatismo depois, ela lá se apercebe que está apaixonada. Seca.

SEM_TT~2

A seguinte é a Satsuki, que é bastante mais interessante. É a concorrente às eleições, toda certinha e esperta, mas é porreira. Tem dramas familiares.

O papel das restantes nem é muito digno de se falar, é o típico harém muito centrado na vencedora.

A animação é banal, mas o design é engraçado e é o que mantém o interesse. Tentam ter humor, mas exageram na personagem homossexual, tal como exageram em tudo nesta série.

Adolescentes a terem eleições de adultos e a terem um fecho de crianças.

SEM_TT~1

História (6)

Animação (7)

Som (7)

Personagens (6)

Entretenimento (6) => Total 6