Depois da morte da sua irmã, Aika, assassinada sem qualquer razão, o Mahiro desapareceu deixando o seu melhor amigo Yoshino sem saber o que se passa.

Quando um dia o Yoshino visita a campa da Aika, é supreendido por uma mulher de negro que procura informações sobre o Mahiro. Mas não procura de qualquer maneira, aponta-lhe uma arma à cara. Um mês depois de ter desaparecido, o Mahiro faz a sua entrada triunfal aparecendo do nada e dando um show de combate com a mulher. Por fim explica ao Yoshino que está em contacto com uma feiticeira, que está presa numa ilha, e que em troca de informações sobre o paradeiro do assassino da Aila a está a ajudar.

A ajudar a parar um outro feiticeiro que está a destruir regiões inteiras com o que parece uma doença que transforma as pessoas em metal.

Estou totalmente conquistada.

As personagens principais  rebeldes e badass, as meninas bonitas e de cabelo comrpido ao vento, nada de pessoal sensível e emocionalmente afectado, magia e muita acção. Que mais pode uma pessoa querer?

O enredo parece interessante e promete muita reviravolta, as personagens têm imensa personalidade e um feitio terrível.

A juntar a isto um belo design, bons cenários, boas cores e a uma animação fluída com detalhe nos combates… Estou rendida.