O Sorata anda numa secundária que tem dois ramos, o ramo normal e o ramo das artes. Quem entra para o ramo das artes tem geralmente um dom artístico muito desenvolvido. Não é o caso do Sorata, que está no ramo normal.

Além disso, desde que apanhou um gato na rua e o adoptou que foi forçado a mudar para um dormitório especial. Seria isso ou abandonar novamente o gato, portanto ele aceitou. O seu novo dormitório é para pessoas “especiais”, que é como quem diz problemáticas. Como não quer ser confundido com elas, desde o primeiro dia que o Sorata pensa em sair.

No entanto, um dia chega uma rapariga da professora que habita no dormitório. Esta menina é branca como a cal, muito calma e… bem, perfeita para o dormitório, pois não tem nocção de nada.

Uma comédia bastante engraçada. As personagens são realmente todas loucas e maior parte das piadas são de teor sexual. Há inclusivé algum ecchi mas para já é dentro do normal, nada de exageros.

Gostei no geral. A atmosfera da série é muito bem disposta sem ser exagerada nem com abusos sexuais.

A animação está muito fluída e gosto muito dos tons rosa e pastel, dão o ar muito fofinho á série. O design está bom, nada de muito original mas agradável.

Fiquei positivamente surpreendia.