No primeiro episódio de Kyoukai Senjou no Horizon conhecemos uma turma em treinos militares de combate. O episódio é recheado de acção à media que vemos os estudantes a tentar atingir a professora, fazendo-se assim as apresentações. No final surge o que deverá ser o personagem principal, um tipo altamente prevertido mas que foi escolhido como representante. Os alunos são mais que muitos e de tipos diferentes. Para além de raparigas com cabelos e peitos gigantes, temos também raças diferentes.

As explicações sobre o mundo em que se passa a história vão sendo dadas pelas personagens e no final por um pequeno resumo. No entanto, é algo um pouco confuso.

Pelo resumo estava à espera de algo mais sério. No entanto, a preversão dominou o episódio, enviando-o para a comédia. As explicações sobre o mundo em que a acção se passa foram bastante confusas, mas suponho que irão dando luzes sobre isso.

Há muitas personagens, tecnicas de combate e poderes mágicos. O design é bonito quando não exagera na dimensão de determinadas coisas (leia-se cabelos em hélice e peitos copa F), apesar da imagem do personagem principal ser um pouco estranha. É, no entanto, muito deja vu, com um estilo que associo a uma série ecchi. No entanto, o único momento realmente ecchi foi horrivelmente censurado.

No geral, fiquei desiludida. Pelo resumo esperava algo melhor. Salva-se pela qualidade das cenas de acção.