Um grupo de seis amigos de infância, três raparigas e três rapazes, separaram-se subitamente com uma tragédia. O Jinta nunca superou o facto de ter perdido a sua amiga Menma, principalmente por nunca lhe ter podido pedir desculpa. Parou de ir à escola e tornou-se num hikikomori, apesar de antes ter sido o líder das brincadeiras.

Uma alucinação da Menma fê-lo lembrar de que ela tinha um desejo e que para o cumprir tinha que juntar todo o grupo novamente. No entanto, estão todos tão diferentes e isso parece impossível.

E a Menma não é uma alucinação, ela tem bem consciencia de que está morta.

Adorei este episódio e esta série promete juntar-se a Hanasaku Iroha na lista das minhas preferidas da temporada.

Tem um pouco de tudo: drama, comédia, slice of life. As personagens são muito interessantes e os flashbacks adoráveis. A Menma é a única que não mudou, pelo que vai ser interessante ver a evolução de cada um desde criança e estou curiosa para ver como o Jitan vai ultrapassar o seu trauma.

A animação está muito fluída e bonita, com muitas cores e detalhes e expressões faciais. Gostei do design de personagens e a Menma é absolutamente adorável.