Como otaku que sou, o primeiro post sobre a minha recente viagem à terra sagrada, só podia ser dedicado aos famosos bairros de electrónica. Para dar algum contexto, fui ao Japão no passado Agosto com um dos meus melhores amigos e por lá andámos 15 dias a passear.

Akihabara é um dos principais bairros de Tóquio e o bairro de eléctronica mais famoso do Japão. A maior parte dos otakus conhece pois é muitas vezes representado nos animes e mangas como uma espécie de local de culto para quem gosta de comprar livros, dvds, jogos e merchandize. A Den Den Town é o bairro equivalente em Osaka. É mais pequeno, mas também tem bastante para ver. São bairros de electrónica, o que significa que, para além das lojas dedicadas ao anime, existem também muitas lojas dedicadas a tudo o que é tecnológico: desde computadores e telemóveis a aspiradores e máquinas de lavar. Estas lojas são mais frequentes em Den Den Town. Também em Den Den Town são frequentes as lojas de outros tipos de merchandize, como por exemplo lojas de heavy metal.

Saídos da estação de comboios de Akihabara, o primeiro indício de que tínhamos chegado foi um edifício de 6 pisos que tinha exposto na montra fatos de cosplay. Na verdade, não era uma loja de 6 pisos de cosplay, era uma sexshop de 6 pisos com um piso dedicado ao cosplay! Os fatos não são baratos, com preços rondando os 150€. Adereços há para todos os gostos e vão desde as orelhas de animais, aos aventais, passando por cuecas de todos os feitios – as mais populares são, naturalmente, as de padrão de morangos.

A maior parte das lojas de Akihabara têm vários pisos, e isso inclui lojas de figures, manga, anime e merchandize. São pisos e pisos e pisos de figuras de pvc, de figuras de mechas, de trading cards, de phone straps, de CDs de banda sonora, de DVD’s e BlueRays, de manga, de doujinshin… *suspiro*. As arcades também são frequentes, onde os principais jogos são as máquinas em que se tenta apanhar algo com um gancho – esse algo normalmente são figures daquelas bem caras que com (muita) habilidade se consegue por 200 yennes (2€+/-). Por todo o lado há slots de bolinhas de figuras pequeninas das principais séries que estão a sair.

 

Nas ruas vê-se bastante cosplay, principalmente feminino. A maior parte das meninas vestidas desta forma estão a fazer publicidade a alguma coisa. As mais frequentes são, claro, as maids que distribuem panfletos de maid cafes. Não menos popular é o último filme de Neon Genesis Evangelion Rebuilt – a Asuka e a Mari são as personagens que mais aparecem.

Acabou por não ser em Akihabara que entrámos num maid cafe, mas sim na Den Den Town. Devemos ter encontrado o mais pequeno maid cafe da cidade, mas tinha uma maid super kawaii com um laço gigante, bolinhos doces e muitos adereços de corações.

Na Den Den Town as lojas eram menos em altura e mais em comprimento. Há menos publicidade e cosplay nas ruas, mas aqui não falta merchandize de anime. Numa loja repleta de pequenas figuras em PVC procurei como uma louca por um porta-chaves e acabei por ter que me render a utilizar uma phone strap para enfeitar a argola das chaves – os japoneses claramente não usam porta-chaves, eram simplesmente impossíveis de encontrar. Entrámos ainda numa galeria que tinha exposto imagens muito bonitas de anime girls. Sexhops com cosplay, lojas de mechas, armazéns de manga e dvds, Den Den Town é mais um bairro onde um otaku se consegue perder.

*Irashaimase, goshujin-sama!*

Anúncios