Tsuda Takatoshi entra para a Academia Ousai, uma escola que começa este ano a ser mista depois de uma linga tradição como colégio feminino. Graças a isso, há muito poucos rapazes na escola. Uma vez que se esperam grandes mudanças na escola, o núcleo de estudantes convida-o para se juntar a elas como vice-presidente para que dê o ponto de vista masculino.

O núcleo de estudantes é composto por três raparigas: A Shino é muito segura de si, diz sempre o que pensa e leva sempre as coisas longe demais. A Suzu parece uma criança, mas é um génio e tem um grande complexo de altura.  A Aria, é mais calma mas é quem lança as bocas mais cortantes.

Não foi bem o que eu estava à espera. Sabe-se lá porquê estava à espera de algo mais inocente. De inocente a série não tem nada. Apesar não haver ecchi, são recorrentes as piadas sexuais e as referencias a coisas de intimidade – perceberão quando virem. E também não tem história, à semelhança de Seitokai no Ichizon é sobre os quatro membros da associação de estudantes, pouco se sai da sala de reuniões e é baseado em diálogo rápido, piadas rápidas e pouco desenvolvimento. Por outro lado, é mais disperso, não havendo um tema específico no episódio, e centra-se mais em coisas do dia-a-dia em vez de em referências a anime/eroge/manga – se bem que também tem várias.

A animação está bastante boa, principalmente tendo em consideração o tipo de série de humor que é. As cores estão bonitas e o design também. Espero que não fique sem piada pelo caminho.