Tonari no Kaibutsu-kun é uma comédia/romance de secundário bastante agradável. Para começar, não estamos toda a série à espera da confissão, ela acontece logo. Passamos é, claro, a série toda à espera que a relação se desenvolva. Curiosamente não é uma série fácil de fazer a review.

Sem Título0

A Shizuku é uma pessoa insuportável que só se preocupa com as suas notas. A sério, verdadeiramente insuportável. É cáustica, anti-social e não quer saber de coisas como amizade, quanto mais amor. Portanto, quando o Haru decide que são amigos, a primeira reação não foi lá muito boa. Quando ele confessa que gosta dela, aí é que a Shizuku fica com o mundo ao contrário.

 

(mais…)

Como explicar Sasami-san@Ganbaranai? Bom… como explicar qualquer série da SHAFT, né?

À medida que a série avança vamos percebendo melhor o que se passa, mas posso adiantar que tem deuses, sacerdotizas e demónios. Tem também comédia e nonsence, acção e violência. Atenção aos spoilers.

Sem Título

A Sasami começa por ser uma hikikomori. Ou seja, uma pessoa que não consegue sair de casa. Como a maioria dos hikikomoris, é também viciada em computadores e hábil na informática. A sua visão do mundo exterior é feita seguindo o “irmão” através de um sistema de video-vigilância. O “irmão” (as aspas ficam para aguçar a curiosidade) é professor numa escola.

 

(mais…)

Andamos com pouco movimento mas ainda andamos por aqui! E novas série vêm na Primavera.

primavera (450x261)

*post realizado em conjunto pela Maharet e pelo Zero

(mais…)

O visual de Vivred Operation não deixa enganar: é uma história completamente tonta sobre meninas em calções. Ao menos há honestidade e no final de contas, a série não é má. Atenção aos spoilers.

Sem Título2

O avô da Akane é um cientista brilhante que desenvolveu uma nova fonte de energia que abastece todo o mundo. No entanto, há forças ao nível do universo que consideram que a humanidade não tem maturidade suficiente para possuir uma tecnologia tão avançada, pois se algo corre mal com a Manifestation Engine o mundo pode explodir. Essas forças enviam criaturas chamadas Alones que tentam destruir a Engine e tudo o que encontrarem pelo caminho.

Cabe à Akane e às amigas destruirem os Alones com o poder da amizade, yaaaaaay… Cof cof

(mais…)

Traduzindo o título para inglês fica “Problem children are coming from another world, aren’t they?” e esta é uma série difícil de explicar.

A história começa quando três adolescentes de diferentes mundos recebem uma carta. A carta contem um desafio, que cada um deles aceita. São então transportados para o mundo em que se passa a série. Este mundo a que chegam está organizado em comunidades e nele existem todo o tipo de seres mágicos, a maioria deles associados a histórias bem conhecidas como o flautista de Harmlin.

Sem Título2

(mais…)

Que briol que faz nesta terra… vão dar mesmo jeito novas séries nas noites frias.

inverno (2) (450x263)

*post realizado em conjunto pela Maharet e pelo Zero

(mais…)

Sukitte Ii na yo é um shoujo do secundário baseado num tema comum: gajo popular que se apaixona pela weirdo da escola. É um tema mesmo muito comum, mas quando é bem feito pode valer a pena, como é o caso de Kimi ni Todoke. No caso de Sukitte Ii na yo, não é que não seja uma série porreira, mas está longe de estar ao nível da outra.

Sem Título

A Mei foi atraiçoada pelas amigas quando era criança, pelo simples facto de as crianças serem más umas para as outras. Isto provocou nela um grande trauma e nunca mais quis ter amigos. Conseguiu chegar ao secundário sem nenhum amigo, muito menos namorado. Até que um dia, por causa de um mal entendido, dá um valente pontapé ao Yamato nas escadas e ele fica interessado nela. É uma técnica de engate totalmente nova, será que funciona?

(mais…)