Maio 2011


Este ano ando a atrasar-me com os prémios todos =/

A grande vencedora deste ano dos prémios de seiyuus foi Aki Toyosaki. O prémio de melhor actor não foi entregue, aparentemente por ninguém reunir as condições para o ganhar.

Melhor actor: Não foi entregue o prémio

 Melhor actriz: Aki Toyosaki (Yui em K-ON!!)

 Melhores actores secundários: Nobuhiko Okamoto (Usui em Kaichou wa Maid-sama, Eiji em Bakuman e Accelarator em To Aru Majutsu no Index) e Kazuya Nakai (Zoro em One Piece e Toshiro em Gintama)

 Melhores actrizes secundárias: Satomi Arai (Kuroko em To Aru Majutsu no Index e narradora de Ookami-san to Shinchinin no Nakamatachi) e Kanae Itou (Elsea em The World God Only Knows e Sanae em Shinryaku! Ika Musume)

 Melhores novos actores: Kouki Uchiyama (Natsuno em Shiki e Banagher em Mobile Suit Gundam Unicorn)

 Melhores novas actrizes: Hisako Kanemoto (Ika-Musume em Shinryaku! Ika-Musume e Kanata em Sora no Woto) e Satomi Satou (Wendy em Fairy Tail, Manami em Ore no Imouto e Ritsu em K-ON!!)

 Melhor cantor: Minori Chihara – “Yasashii Boukyaku” (The Disappearance of Haruhi Suzumiya)

 Melhor personalidade: Aki Toyosaki

 Prémio dos fãs estrangeiros: Miyuki Sawashiro (Maria em Awakawa Under the Bridge, Ayane em Kimi ni Todoke, Lag em Tegami Bachi)

 Prémio especial de reconhecimento: Nachi Nozawa

 Prémio de reconhecimento: Isao Sasaki, Hiroko Suzuki e Masa’aki Yajima

 Prémio memorial Tomiyama Kei: Rikiya Koyama

 Prémio memorial Kazue Takahashi: Mayumi Tanaka

Depois do anúncio das séries, vêm os trailers!

Appleseed XII

Mayo Chiki!

No. 6

(more…)

O calor parece que vem finalmente a caminho, e com ele novas animes! Entre elas encontram-se algumas muito aguardadas sequelas.  Como sempre, este post será actualizado à medida que surgem novas informações =)

* post realizado em conjunto pela Maharet e pelo Zero

(more…)

Uma vez que Puella Magi Madoka Magica terminou mais tarde do que o previsto, efeito colateral do sismo no Japão, ficou de fora da lista de reviews da temporada. Agora que terminou e já que foi uma série tão boa, acho que se justifica um post dedicado só para ela.

Puella Magi Madoka Magica

História (10) – Puella Magi Madoka Magica é um magical girl muito especial. Normalmente uma série de magical girl começa com uma rapariga a encontrar um animal estranho e que fala, a mascote, que lhe dá poderes para se transformar e enfrentar os maus. Muitas vezes juntam-se à luta outras raparigas que se transformam com outras cores e normalmente também temos uma personagem masculina, alvo de romance da personagem principal.

Em Madoka Magica, a Madoka encontra realmente uma criatura no primeiro episódio que lhe oferece os seus poderes para lutar, mas ela não aceita de imediato. Neste mundo, as magical girls fazem contractos com a criatura: em troca que lutarem toda a vida contra as bruxas é-lhes realizado um desejo.

Muito cuidado com o que desejam! Esta não é uma história bonita e cor-de-rosa. É sim uma história muito negra, com terror psicológico e perigos realmente fatais. As intenções da mascote não são tão simples quanto pode parecer e o que as raparigas dão em troca do desejo é a sua própria vida. Não há romances nem companheirismo.

É uma série que recomendo a todos, mesmo os que não costumam gostar de magical girls e que consideram esse tipo de série demasiado feminino. Esta é uma história de terror psicológico disfarçada de magical girl e está muito bem pensada.

Animação (9) – A SHAFT, como sempre, sabe o que faz. O design das personagens é fofinho, como as magical girls devem ser. No entanto, tudo à volta delas é sério e cru, tanto a escola como a cidade. Os cenários de batalhas, dentro das dimensões das bruxas, são altamente psicadélicos.

Som (9)

Personagens (10) – A escolha das personagens foi muito bem pensada para a história. A principal, a Madoka, deixa-nos durante episódios e episódios à espera que se transforme. É a heroína que quer fazer a coisa certa pela humanidade, mas que está claramente na série errada para o fazer e portanto não consegue. A sua amiga, Sayaka, é muito segura do que quer e aceita estoicamente o seu destino – ou talvez não. A Mami é uma das grandes surpresas e proporciona-nos o momento mais marcante da série. É uma senpai que quer mostrar bem o mundo em que vive antes que as novas tomem a sua decisão. Por fim temos a fria Homura, que parece perceber tudo e que tudo esconde, incluindo os seus próprios sentimentos. Continua sempre a lutar, nunca desistindo.

Entretenimento (10) =>Total 10

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.